Vinhos

Fernão Pirão renasce na Quinta da Lapa

A região do Tejo tem sido reconhecida como região produtora de vinhos desde a Idade Média, mas os indícios de viticultura remontam ao tempo dos romanos.

O Fernão Pirão é um dos vinhos históricos deste território possuindo características muito particulares que resultam do facto de as uvas brancas e sobre-maduras da casta Fernão Pires serem vinificadas com curtimenta e a temperaturas elevadas, o que lhe confere um perfil aromático de complexidade singular que destaca o seu peculiar “torradinho”.

um branco que se bebe como um tinto

Este vinho inscreve-se numa nova gama de vinhos produzidos na Quinta da Lapa que revisita as práticas tradicionais e as castas históricas da região do Tejo.

Há quem sugira que o Fernão Pirão é um “vinho laranja” português que surgiu muito antes deste perfil de vinhos se ter tornado uma moda.

Como se diz nas “Fazendas”, onde tem a sua origem,  trata-se de “um branco que se bebe como um tinto”.

Esta é a nossa homenagem a um vinho único da nossa região

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *